Eles são belíssimos e costumam figurar entre os principais objetos de desejo na hora da reforma, mas atenção: algumas precauções são necessárias!

 

Antes inacessíveis para grande parte da população, os porcelanatos se tornaram um dos maiores campeões de venda da última década devido ao surgimento de diferentes estilos, acabamentos, modelos e faixas de preço.

No entanto, muita gente não sabe que este belo revestimento possui seus próprios segredos, e uma compra por impulso pode representar o surgimento de sérios problemas.

 

Confira os 5 principais truques para escolher o porcelanato ideal:

 

1 – Atente-se ao acabamento do porcelanato

Alguns porcelanatos tendem a ser mais escorregadios e, por isso, não são indicados para banheiros. Colocá-los em varandas ou áreas nas quais há grande circulação de crianças também é um risco.

Em ambos os casos, você precisa optar por peças cujo acabamento seja mais “rugoso” ou elimine o perigo. Manter-se atento a este “detalhe” pode ser uma das decisões mais acertadas de quem está reformando o piso da casa.

 

2 – Não compre apenas pela beleza

É claro que a beleza do porcelanato é fundamental, mas ela deve ser encarada como apenas um dentre os principais fatores que te levarão a decidir – ou não – pela compra de uma peça.

Pense também na durabilidade, na qualidade do material e nos testemunhos de clientes que já adquiriram o mesmo produto.

 

3 – Saiba o tamanho de cada peça

Esta é mais uma dica que parece simples, mas que já foi a causadora de grandes problemas para quem se esqueceu de informar-se sobre as medidas do porcelanato e verificar se elas se adaptam bem ao tamanho do ambiente no qual serão instalados.

Lembre-se: porcelanatos grandes “ampliam” o ambiente, e dão ao visitante a sensação de que estão em um espaço maior. Este pode, ou não, ser um efeito desejado pelo comprador.

 

4 – Existem porcelanatos específicos para cada tipo de ambiente

Não que haja uma “regra inflexível” sobre o assunto, mas os fabricantes já idealizam determinados porcelanatos para quartos, banheiros, cozinhas, áreas externas, etc.

“Informar-se sobre este e outros fatores com o vendedor é fundamental”, destaca Paloma Henriques, fundadora da Brilho do Sol, loja cujas unidades são sediadas em Campos dos Goytacazes/RJ. “Quanto mais bem informado for o vendedor, mais seguro estará o cliente”, completa a empresária, especialista no setor.

 

5 – Vá à loja, mas nunca perca de vista a sua casa!

Muitas pessoas se deslumbram com as opções de porcelanato e acabam se esquecendo do principal: idealizar o ambiente onde eles serão instalados!

Por isso, visualize sua casa e, se necessário for, tire fotos de cada cômodo para compará-lo com as peças disponíveis no estoque da loja de sua confiança.

 

Tão importante quanto O QUE comprar é ONDE comprar!

 

Como você já deve ter percebido, para pôr em prática a maioria dessas dicas, o consumidor precisará da ajuda de um vendedor especializado.

Por isso, é aconselhável que você procure lojas cuja reputação de cumprimento de prazos e comprometimento com a satisfação do cliente sejam conhecidos.